sábado, 13 de março de 2010

Continuação da continuação...

Afastemo-nos então da indisciplina. Na disciplina de Inglês costumo propor-lhes um project-work por período. Por período, não por unidade temática. Desta feita, encomendei-lhes uma maquete/desenho que evidenciasse a rua em que vivem, salientando os serviços lá existentes. O prazo termina na segunda e recebi dois. Tenho 48 alunos. Os que recebi são como água e azeite: um foi feito em cartolina laranja berrante e a lápis. Não se consegue, portanto, ler nada. Informei a aluna disso, dizendo-lhe que seria difícil a obtenção de uma boa nota, uma vez que eu não conseguiria ler com clareza a legenda. Bufou enquanto exclamava: A stôra também!...
O outro trabalho foi feito com preocupação e alguma ajuda dos pais: está muito bem feito. A aluna em questão é filha do representante dos E.E. da turma e é um exemplo. No outro dia, por ter notado que se estavam todos borrifando para o que lhes estava a ensinar, fechei o livro, escrevi o sumário e ditei:
Exmo Sr. Encarregado de Educação:

Em virtude do desinteresse demonstrado pelo seu educando, o conteúdo em estudo na aula de hoje está sumariado. Deste modo, fica à responsabilidade do mesmo o estudo e compreensão da matéria da aula de hoje.

Com os melhores cumprimentos

No dia seguinte fui ver as assinaturas. A menina em questão esquecera-se da caderneta, então, ligou ao pai que me enviou o seguinte sms:

Professora:

Assinei o recado mas a ****** foi irresponsável e esqueceu-se da caderneta na cozinha. Peço desculpa pelo sucedido.

Entre outras cadernetas por assinar, uma vinha acompanhada deste recado oral: A minha mãe diz que tem mais em que pensar.

Concluo que há por aí gente que não sabe definir prioridades.

4 comentários:

Mo disse...

Não estamos na mesma escola, mas é como se estivéssemos. Consigo imaginar exactamente os alunos para cada uma das situações.

Enfim...

HzoLio disse...

1 em 48... Realmente... Há pouco tempo atrás esta seria a proporção dos casos complicados... Agora é dos alunos aplicados... Vamos longe assim!!!

Ando cá desconfiado que não vai haver RSI que resista... LOL

Estou cá curioso para saber em que escola é que vocês os dois foram parar... Nunca se sabe se não terá sido numa das do meu passado recente. ;)

(Pa)Ciência disse...

Eh pá, parece-me que vou dar uso a esse recadinho! O pior é que isso acontece em mtas aulas :(

Rita disse...

Isto realmente tira-me do sério, como é possível que os pais se entejam simplesmente a "cagar" para a aprendizagem dos filhos. Como é possível que não se interessem pelo que eles fazem, o que já aprenderam, que não os ajudem a fazer os TPC's. Faz-me muita confusão, às vezes também estou atrapalhada com o tempo e peço à R que vá fazer os trabalhos para a cozinha para ao pé de mim e sempre vou dando um olinho e uma ajuda não custa nada e até me dá gozo. É triste haver pais que não se preocupam com isto...
Jokas