sexta-feira, 9 de abril de 2010

A manga curta

Sempre que mudamos de estação para o calor, acabo por adiar a manguinha curta até às últimas por ser muito friorenta. Chego mesmo a parar para pensar, lá para meados de Julho, qual é que terá sido o dia em que perdi a cabeça e vesti manga curta pela primeira vez naquele ano. Juro. É quase como fazer acunpunctura, bungee-jumping, sei lá. A minha mãe então, detesta, abomina, passa-se totalmente, quando eu saio de casa de malhinha na mão com medo que esfrie. No fundo, estes meus 29 anos físicos equivalem a 78 mentais e climatéricos. E porque raio estou eu a escrever sobre isto? Primeira razão: porque me apetece e ele está a ver um filme manhoso na rtp memória. Segunda razão: porque sim, porque quem manda nisto sou eu e tenho as quotas em dia. Terceira razão: porque hoje, dia 9 de Abril, vesti manga curta e sandálias. Assim, quando me der para a nostalgia do início do Verão, venho aqui e cá está a informação que eu procurava! Não é espectacular? Hã?

4 comentários:

Flávio disse...

Nota-se que estás a precisar de férias, asap!

Daniela disse...

Ainda não usei nem uma nem outra. Tenho demasiado frio para ambas.

Marta disse...

Sofro do mesmo mal que tu, embora por razões diferentes (pêlos nos braços O_o).

Kitty * disse...

Ai, Maria! Tu não escrevas "climatéricos", mulher, a não ser que te estejas a referir à menopausa! O termo correcto é "climáticos".