segunda-feira, 2 de junho de 2008

A inevitabilidade da cromice


Eu lembro-me que a minha idade da parvoeira- vulgo, adolescência- começou por volta dos 12 anos. Lembro-me que, mesmo à custa de umas sarambandas dos meus pais, eu também passei por esta bodega que é a mudança da idade.

É verdade que é uma fase importante, de descoberta, de desafio e de manias parvas, mas eu tenho para mim que a minha foi rápida e indolor, ou não fosse eu filha de mámãe e de pápai...

Ora, e perguntais vos, meus caros, o que é que queres tu que eu te faça? Pois bem, não quero que me façam nada, a não ser que tenham em casa um oráculo de bellini e me possam proporcionar a chave do euromilhões. Não temos? Então, vá, adiante, amigos para sempre! (Ramelosos....pfffff)

E como é que eu sei que a minha adolescência foi uma beleza? Porque nasci na década de 80, e por conseguinte, não apanhei nem just Girls, nem D'ZRTs nem Morengues com açucre. (Reparem no meu brilhantismo: escrevi mal para não levar com pesquisas manhosas, mas tenho para mim que há por aí um petiz brasileiro que é capaz de cá vir ter, mesmo assim. Reconheçamos a criatividade da criatura, por Deus!)

No meu tempo ouvíamos, nada mais, nada menos do que os saudosos Onda Choc e os Ministars. Ah! Aquelas tardes passadas na varanda da L., em que brincávamos às barbies e fazíamos sessões de espiritismo que nos faziam shit our pants...Ah! A capacidade de arranjar um trabalho de alguma disciplina, para podermos ficar a ver a gravação do video clip dos New Kids on the Block...

Ora, éramos umas valentes cromas. Em vez de passarmos à acção, como fazem estas criaturas de hoje em dia, nós ficávamos ali a babar a carpete à dona D., essa santa, que comprava as cassetes dos Onda Choc, assim que saíam.

Mas porque é que eu me lembrei disto? Porque fui a concerto dos Hands on Approaach, e vi coisas do arco da velha. É verdade que isto de ser-se adolescente hoje em dia deve ser tão mau como intigamente, mas não havia necessidade de serem tão...tão...bitchy!

Deixem lá a puberdade work its magic, e depois então mostrem-se, né? É QUE SENÃO É CAPAZ DE SER VÁ, ESTÚPIDO!Quanto à questão da má escolha musical, opá, pronto, deixem lá, está escrito que não há volta a dar.

11 comentários:

Cruxe disse...

E não foste tu no dia a seguir ao concerto dos 4 tastos... hummm 4 tastes. Era com cada croma... Sim, daquelas pitinhas com a ... aos saltos, precisamente nessa idade estúpida que (para meu mal) quando penso bem chego à conclusão que a já não faltam mts anos para a minha filha lá chegar. Aiii, vai levar com cada galheta... vai, vai!

Mo disse...

Ministars e onda choca também fizeram parte da minha pré-adolescência e as músicas deles são mais ou menos como a da machadinha... ainda hoje sei algumas de cor...

Ele é o rei-ei-ei-ei
ei-ei-ei
lá do liceu

Bjs

Maria do Consultório disse...

cruxe:
Ná! Ela é tão sossegadinha! (NOT!)beijo

Mo:
Ai a menina também coiso...Os meus sentimentos...
beijo

Dina disse...

No outro dia tive assim a modos que um regresso ao passado e fui procurar uma música só porque ela me faz lembrar as minhas "meninas quando eram piquininas"... e não só mas isso já são outros quinhentos...
Beijinhos...

Sahara disse...

Credo, já não me lembrava que eles eram tão feios. Como é que eu um dia os achei o máximo... LOL

dualidades np disse...

Ainda me lembro de ti nessa fase...digamos que eras um cadito "irritativa"! :-)
Mas deixa lá a juventude, são os sinais dos tempos.
Cada vez te pareces mais com a ti Ana.
LOL!
Bejos.

P.S. Imagina com quem estive no fds...

Rita disse...

No meu tempo (sou um poucochito mais velha que tu) era mais os Bros, nunca gostei dos New Kids eram kids de mais para mim...
Jokas

Luazinha disse...

Xiiii...os New Kids on the block!! Tinha cassetes e mais cassetes com videos e tudo o que apanhava deles na mtv....Ah ganda croma!!! Xiii....

Cruxe disse...

Lembrei-me agora de uma cromice que tu não te lembraste de referir. E os tipos do rancho a curtirem Hands On Approach? :P

susy claro disse...

Adorei este post, porque também eu tinha discos (sim, os LPs) dos Onda Choque, dos Queijinhos Frescos, dos Ministars e claro dos New Kids...
A verdade é que apenas em alguns anos, as diferencas entre os adolescentes sao abismais... deve ser só para nos darem a sensacao de que somos, realmente, muito mais velhas ;)

Bellatrix disse...

jovem, para a próxima pergunte asism: ó capitalista, n se arranja um bilhetinho? ou dois, que quero infernizar o cérebro do marido com o som de bon jovi, para ter pesadelos durante muito tempo! pode ser que a resposta a surpreenda!

bjs