quarta-feira, 20 de maio de 2009

Trekkies: vão-se encher de moscas.


E vai daí, na sequência daquilo que escrevi ontem, passou-me uma coisa negra pela vista e perguntei-lhe se queria ir ver o filme do Star Trek. Ele lacrimejou um bocadinho, ajoelhou-se a meus pés em adoração e agradeceu emocionado o convite. Depois a coisa negra desapareceu-me da vista e apeteceu-me desistir da ideia. Que fosse só ele...Que afinal doía-me a cabeça...mas nada. O gajo já andava a saltitar de nenúfar em nenúfar.


Assim sendo, lá fui eu ao cinema. Ora, eu gosto de cinema, mas ir lá e coiso, e estar ali enfiada numa cadeira não gosto lá muito. Prefiro estar de pijama, no sofá. Que se lixe o surround. Se quiser ir verter águas, ou fazer umas sandes de coiratos é carregar no pause e mais nada. Depois há a questão do silêncio. Eu não gosto de ver filmes calada. Eu cá gosto de ir falando, mesmo que seja a dizer bodegas sem jeito.Aquela coisa de estar tudo com ar compenetrado faz-me mal e começo logo a ficar com a zona posterior dormente.


Resumindo, o filme é nice. Eu não sou trekkie nem nada que se pareça, mas alguma coisa sabia. O monólogo e a musiqueta, por exemplo. E que andava lá um caramelo de orelhas pontiagudas. E que o chefe da coisa se chamava Kirk. E a saudação dos dedos. MAS, sabendo ele que quando me começo a rir é a desgraça, bem que me podia ter avisado que andava lá um ucraniano esganiçado! E não quero saber se se chama Checov e que é russo. Quando fico com o rabo dormente tudo me dá vontade de rir. Até velhinhas a cair. E se eu fico aflita quando vejo pessoal a cair...

(E estive uma hora e meia com vontade de gritar: Fujam! Aquele não é o Spock, é o Sylar. O estupor tem um super-poder que fica com a aparência de outras pessoas. As sobrancelhas estão mal postas e tudo! Mas não o fiz, porque era bem capaz de levar um murro no olho esquerdo.)


ps: Quando era pequenina, achava que o Star Wars e o Star Trek era tudo a mesma coisa. Depois conheci o Eskisito, e deixei de ficar à espera que o Captain Kirk entrasse e desse uma murraça no Vader.


2 comentários:

caosnacozinha disse...

Estou para aqui a rir com este post! Por cá, Star Trek e coisas assim também só em actos de benevolência, daqueles de que me arrependo mal abro a boca. Mas depois já está e olha, ala para o cinema que ele já não perdoa.
O Star Trek é que pronto... A ver se me mantenho caladinha até a coisa sair do cinema. É que em casa posso sempre ir buscar um livro. Ou dormir...

Beijoca *
Mariana

rx disse...

Eu so agora fiquei a saber que o star trek e o star Wars não eram a mesma coisa e estou a escrever isto e a rir-me a gargalhada por causa do Sylar... lol maria está o máximo.