quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Colegas são as (/&%()


Eu sei que eu é que sou a vossa terapeuta, mas hoje preciso de psicanálise por isso, amanhem-se. Têm de me aturar.

Vejamos, aqui a Mariazinha teve hoje o "prazer" de conhecer as professoras titulares com quem vai trabalhar ao longo deste ano lectivo no âmbito das Actividades de Enriquecimento Curricular (AEC's). Até aqui tudo bem. Pega-se nos professores a recibo verde que estão a modos que entregues aos bichos nas escolas de 1º ciclo, como no ano passado a coisa correu mal, as professoras armam-se de bocas e acusações que dirigem aos novos professores, que ficam com as orelhas a arder sem perceberem porquê. As ditas professoras começam a bombardear os desgraçados com exigências descabidas, de forma que, por momentos, experienciei a sensação de dejà vú umas quantas vezes e pensei estar de volta ao estágio.

Basicamente fomos acusados de erros que não cometemos e fomos postos no olho do furacão que é como quem diz no meio de uma corja de professoras egoístas e mal-formadas.

Agora dizem vocês: "Então e tu ficaste-te? Tipo, não te passaste do guelheto?"

Passei. Passei e de que maneira...e o problema é que estou pior que uma barata (a minha mãe usa esta expressão quando quer dizer que está MESMO furiosa...) porque me deixei levar pela raiva e não respondi com a calma devida. Mas o que querem? Aquelas $#"%&&/ moeram-nos até mais não e eu tenho a boca ao pé dos calos que me tinham acabado de pisar. Resultado: Vão-me fritar os nervos e estou lixadíssima com f.

E logo eu que sou tão boa mocinha...

11 comentários:

SaltaPocinhas disse...

não sei por que raio de escolas andas metida!
tens de vir para a minha!!

Diabba disse...

ai ai Mikas... tens que aprender a desligar o ouvido mulher!

Podes agora ser muito simpática e ofereceres-lhe um bolo de chocolate (oferta anónima, na sala dos profs) carregadinho de laxante! hihihihihih

beijo d'enxofre

wednesday disse...

Assim é que é, mostras-te o que vales melhere!

Batz disse...

Eu este ano mudei de zona, simplesmente recusei trabalhar com algumas "colegas", e nunca foi nada comigo.
Só tenho a dizer: Há muita gente parva nesta área, ponto.

Teri disse...

Nice Blog :)

Andreia Videira disse...

Compreendo perfeitamente... a gnete ouve, ouve e ouve que chega a um ponto que enche... mas por vezes mesmo com razão quem acaba prejudicada somos nós "as professoras (e são professoras ou monitoras? - esta era a pergunta que mais faziam no ano anterior...) novinhas" que nos lixamos...

Não é que no ano anterior tenha corrido mal... até fui muito bem recebida!

E este ano também estou muito contente, está a correr bastante bem... fui muito bem recebida!

Mas também tenho ouvido muitas colegas minhas que têm tido desses problemas...

Formiguinha disse...

Cúm catano!

Força aí e concentra-te nas criancinhas.

Bêjos

Azul disse...

Ora bem, eu, que salto do tamanco coma mesma facilidae com que tu, não sou lá muito indicada para te fazer terapia, porque na tua situação, tinha agido de igual forma.
o que é mau. Muito maaaaau.

Agora, vai-te a contecer como a moi-même: sempre que puderem vão enfernizar-te a vidinha, e tu só tens uma opção: torná-las as " invísiveis"!!!!
E calminha, senão as gaijas lixam-te mesmo com um ganda F.....

Dina disse...

Olha...boa sorte para o resto do ano! (eu devia dizer que... estás feita o resto do ano, que te vão lixar de todas as maneiras que puderem e outras coisas do género mas quero acreditar que a tua atitude as vai fazer pensar duas vezes antes de voltarem a armar-se em parvas!)
Afinal tu és uma alentejana de gema ou és o quê? Coloca-as na ordem.

Para sempre, Maria disse...

saltapocinhas:

Sempre quis ir para Aveiro...
beijo

Diabba:

Pior do que a bela da diarreia só mesmo um pouco de gás hilariante, a ver se lhes passa a cara de parvas...
beijo

Wednesday:

Mas não havia de ser assim...custa-me esta mesquinhez.
beijo

Batz:

Subscrevo. O problema é que devem ter " tirado o curso" todas no mesmo lado! Aquela reunião foi ultrajante.
beijo

Teri:
Glad you like it!
beijo

Andreia:

Ainda bem...eu no ano passado passei mais ou menos ao lado da polémica. Calei-me e andei. Este ano não me vou baixar nem um bocadinho, pela simples razão que não sou mais nem menos que ninguém.
beijo

azul:

Hoje, e depois de ter analisado a situação, não me sinto nada arrependida do que fiz. Nada.
beijo

dina:

É esse o problema. As mulheres são umas complicadas do caraças e não falam o mesmo dialecto que eu. Estou mais que lixada, por isso, agora é aguentar e cara alegre. Se não gramam com a minha tromba de má. Sou tão má a fingir que sou má...
beijo

maria cunha disse...

eu ando a aprender a ficar calada... desde que nasci... mas não está fácil...


beijo