terça-feira, 24 de julho de 2007


Acompanhem-me nesta reflexão. Ora se uma pessoa levar um produto estragado para casa tem direito a reclamar´, é ou não é? Se o produto fizer parte de um leque de ofertas das chamadas "marcas da casa", vem cá no fundo a dizer "Se não ficar totalmente satisfeito devolveremos a totalidade do seu valor", é ou não é?

Então expliquem-me porque é que eu acabei de comer um melão que sabia a sabonete azul e branco e não me posso ir queixar? Raisparta a fruta imprevisível.

Isto já para não falar nas sequelas que ficam ao nível das nossas expectativas...e da nossa auto-estima enquanto apalpadores do cu do melão!É triste ver aquelas pessoas ao final do dia, cansadas, de volta do cesto dos melões. Ansiosos por escolher um que não deite por terra os sonhos dos seus rebentos..."mãe...quero um melão que seja doce...não quero um que sirva para lavar os dentes..."- dizia o pequenito em voz sumida...

Depois temos a melancia. Ah e tal tem que ser pesada, ah e tal tem que fazer o som de pum...u...um......pois claro, eu até me farto de saber qual é o conceito de pesado para esta gente das superfícies comerciais...eu até ando com um diapasão na mala!


PS: Desconfio que é o "Pronto" do Lidl que me faz isto.

10 comentários:

ariba disse...

Se descobrires como reaver o dinheiro da fruta que sabe a produtos de limpeza avisa-me. No outro dia comprei uns kiwis que sabiam aos glutões do OMO...blhac!
Mas o melhor mesmo é deixares-te disso...das limpezas:P

Rita disse...

Realmente, como eu gostava de dominar a técnica da escolha do Melão/Meloa/Melancia. Será que há alguma faculdade que tenha o Mestrado??? Com bastantes aulas práticas de preferência que com isto não pode ser só teoria. Olha!! A Teoria do Melão - até soa bem não soa?
Acho que o bafo desses teus detergentes está aqui a chegar e está a afectar os meus neurónios...
Jokas

maria cunha disse...

eu tenho uma técnica muito boa... às vezes resulta... outras não...

deviam vender os melões à fatia e com possibilidade de prova... essa é que é essa


beijo

Formiguinha disse...

Granda mudança......

Quem tem um marido artista quem é????

Vera disse...

Mas tá tudo a mudar de pele?
É moda ou quê?
E ,desculpe lá,mas um consultório tem que ser branco!
Asiim fica...huuummmm,um consultório...psicadélico????

azul disse...

azul,azul....

o livreiro disse...

e geladinhos de "cenoura e manga" fora do prazo, outro de "leite-creme", ah... bué de bom...

bjufas

Para sempre, Maria disse...

ariba.

Há-de haver quem já tenha reclamado disto!Aposto que é de Santarém...
beijo

rita:

Aquilo é que era apalpar! O melão, pois claro...
beijo

maria cunha:

E não partilhas connosco? Vá lá ver!
Se for a técnica do "vai este e que se lixe" tiraste o curso no mesmo sítio que eu...
beijo

formiguinha:

Quem é afinal???
eheheheh
beijo

vera e azul:

Pois claroi que é psicadélico...até pensei pôr a Janis como recepcionista...
beijo

livreiro:

Porra!E eu dizia "isto não me está a saber muito bem..." PUDERA!
beijo

maria cunha disse...

pois a minha técnica é essa... se correr bem correu... se não... só me resta o sabor a sabão azul... parece que a escola foi a mesma ;)

Teresa disse...

Já comentei (com muito agrado) a nova estética no post anterior.

Dúvida para a Ariba: os gultões não eram no Presto?

Beijos.