sábado, 20 de setembro de 2008

Eu já não vou tendo saúde para isto

Eu queixo-me da minha falta de sorte, mas a Luazinha é que tem razão: eu até podia estar a ganhar montes de guita numa qualquer profissão de futuro, mas era uma pessoa cheia de guita mas sem aventuras para contar...Quer dizer, podia sempre pagar para ter aventuras, em safaris e coisas assim cheias de espectacularidade...Adiante, que já estou quase a mudar de ideias.
Hoje, estive com a minha única turma de 1º ano e digo-vos já que está ali um grupo muito castiço. Mais calmos que os meus índios do costume, e são mesmo, mesmo inocentes. Tão bom!
Quando era miúda, as irmãs (as in freiras...) mandavam-nos calçar as botinhas de lã imaginárias para não fazermos barulho pelos corredores, ora não é que eu convenci estes a fazerem o mesmo sem nenhum me ter mandado encher de moscas? Foi lindo de ver, todos a fazer os gestos de calçar as botas e a subir as escadas sem se ouvir nadinha. Obviamente que eu ia de sandállias e fiz um cagaçal do camandro, vá lá que eles não me deram nas orelhas...
Chegamos à sala e ainda antes de eu fechar a porta, o M. (facto que descobri depois da chegada dos paramédicos) diz calmamente e a apontar, qual puto creepy de filme de terror:
- Senhora Professora, a F. bebeu lixívia.

4 comentários:

Dina disse...

Conclusão: Quando os quiseres sossegados... dá-lhe lixívia...:):):)

j..ninha disse...

lol...as crianças são mesmo o melhor do mundo!!!

mik@ disse...

lool miuda maluca. e pra comecar bem o ano... tadita.
bjos

Luazinha disse...

Ora um penalty de lixivia nunca fez mal a ninguem né verdade?...
Drama para que???
Estes putos sao uns exagerados e mai nada!!
Kiss e boa semana