quarta-feira, 10 de setembro de 2008

Maria abre seu coração ao Mundo

Eu não gosto nada da Meredith Grey. Acabei de dizer uma grande alarvidade? Vou já levar com anónimos cheios de fel? Seja como for, eu tinha de o dizer. Acho-a um pão sem sal cheia de ronhónhós e nhecnhecnhec! Enerva-me aquele constante analisar das situações, dos sentimentos, das emoções. Porra, ninguém consegue ser assim tão absolutamente introspectivo.
Como se não bastasse aquela torrente de pensamentos cheios de candura e amor para dar, a criatura é filha de uma senhora demente e de um pai ausente. Seria de esperar que aquele coraçãozinho estivesse cheio de rancor pelo Mundo e pelas pessoas, mas nããããão. A mulher é abnegada e ama o próximo como a si mesma. Tretas.
Agora, é suposto que a mulherada toda se sinta em sintonia com esta personagem? Uma personagem que cobre com meio elenco, mas que, lá no fundo, gosta mesmo é do médico com ar de arranja-me um lenço que estou a pingar do nariz??
No dia que a mulher se afogou (enquanto introspeccionamentalizava a vidinha toda em vez de dar ao pé e ao barcinho...), eu só pensava na maravilha de série que teríamos. Mas lá caí em mim: e a série teria o nome de uma personagem falecida? Pois, evidentemente que não, e foi então que a parva da gaja lá acorda do coma, ou lá do que foi, e demosntrou que para além de querida, sacrificada, dada ao forrobodó, desgraçadinha e confidente, era também rija e que não morre para aí assim.
Merda.

22 comentários:

Diabba disse...

Vou Googlar, não faço ideia de quem falas.

beijo d'enxofre

Diabba disse...

Fucka-se pah, então, grunff grrr, é duma novela americana que falas? grrrr quando te apanhar... tridento-te!!

enxofre

Cláudia disse...

eu gosto mais (bastante mais) do interno bad boy, que no fundo é o único que é uma pessoal normal;

a loira: tem a realidade distorcida;
o pequenote: tem ar de adolescente que vai agora para o secundário e por isso está sempre uma pilha de nervos com tanta insegurança;
a chinesa: é parva! egocêntrica e irrascível. Ninguem tem amigos assim, porque essas pessoas não têm amigos.

Concluindo são todos uma cambada de tolos, mas, incompreensivel, eu tabém gosto de ver a série.

rx520 disse...

Maria, grey's anatomy é da minhas séries preferidas, sempre gostei de séries com médicos e hospitais talvez porque a minha geração cresceu a ver o serviço de urgência. em relação à Meredith, vejo-a apenas como uma das muitas personagens que, ao que parece nem tem grande aceitação da parte do publico. Mas temos de assumir que em relação aos actores masculinos a série faz muito bem à vista.

dualidades np disse...

Ora aí está uma leitura correcta.
Tb acho que a protagonista feminina da série deveria ser uma gaja melhor resolvida e já agora "mais febra" ( salvo seja ). Se bem que a Izzie é "mais febra" mas como personagem deixa mt a desejar. Prefiro mt mais a Bailey e a Cristina, mas como gajas não são grande coisa...
Que confusão!
Bejos

Droky disse...

Eu concordo! Não há pachorra para pessoas assim tao boazinhas e perfeitinhas, e ANORMAIS!

P.S: Soraia Chaves?! A sério??

Dina disse...

Se é assim como explicas o sucesso da série?
Confesso que vejo 1 episódio de 2 em 2 meses ou nem isso...

Cor do Sol disse...

Andas a ver episodios atrasados da Anatomia.ehe.

Eu até gosto do McDreamy...dá vontade de levar pa casa e tratar-lhe do pingo no nariz. :P

htsousa disse...

Eu também não posso com ela! É por isso mesmol que não lhe dou audiências... ;)

Beijinhos!

Safira disse...

Até acho que tens razão na análise, e que a meredith é uma tonta, mas eu gosto muito da série. Elejo como personagem mais normal o Burke e acho a acidez da Cristhina o máximo...Achei seca o episódio do afogamento e morte e ressureição da mulher, mas gosto de bastante de ver.

Pearl disse...

oh... nunca vi a série...
mas pela descrição... parece ser a representação daquelas pessoas que não existem!

:o)))***

Hydrargirum disse...

Oh Maria....anda cá ao pai....F"u"ilha (Dito com a boca cheia de pão!!!)...

Hip Hip...HURRA!!!!

Aleluia que alguém se insurje contra aquela deslavada....eu não posso com a série, por causa dela...

Aliás, todo o cast, é um cesto de pão ázimo!!!!!

Jinhos:)

Emma disse...

Eu gosto da série.
Muito graças à "Introspecção" , mas a meredith...realmente, na maior parte das vezes só à chapada.O curioso é que conheço muita gente que adora a série e odeia a meredith.

Celeste disse...

Também tive que ir googlar! E mesmo assim, não vejo. Eu cá volta meia volta estou no desmprego exactamente porque somatizava a circulação sanguínea na escolinha primária. Médicos é que não. Tirando o House, que esse é louco e eu gosto, ontos!

Beiji** :)

Mo disse...

Adoro a série, mas tb n vou mt à bola com a Meredith...

Formiguinha disse...

Xiiiiiiiiiii!!!

O que tu foste dizer.... a única coisa em que concordo definitivamente contigo é a questão do nariz do outra parecer sempre ranhoso :)!!!

Bêjos

AP disse...

Quem???

Luazinha disse...

Hum... a Meredith é uma gaja cheia de sorte!! Essa é que é essa... só aqueles MC's todos...
É isso que lhe vale... com tanta desgraça naquela vida...
Kiss e bom fim de semana jeitosa!!

elvira carvalho disse...

Passei. Para deixar um abraço e desejos de um bom fim de semana.

Joana Pestana disse...

Acho que fizeste a descrição perfeita do McDreamy.
Adoro a série, mas tb não suporto a Meredith.
Que personagem tão pouco conseguida... ou então é a actriz, com aquela vozinha irritante, e aquele ar de Dama das Camélias.

Queen of hearts disse...

Concordo plenamente!
Tanta passividade chega a irritar! As pessoas a falar com ela e ela com cara de parvinha sem saber o que responder e fazer. Já se tornava mais despachada!
Desculpa a intromissão nos comentários, já venho ao teu blog há muito tempo e nunca comentei, mas hoje teve de ser:) **

vera disse...

Introspecçao por introspecçao, prefiro mesmo o " MEN IN TREES".

Ja viste?

O titulo e sugestivo, tal como a serie. Vale a pena seguir e dar umas boas gargalhadas.

( ja sabes que estou em Azert...e ainda nao descobri onde prespegaram com os malfadados acentos!!!!!! e va la, va la, que ja nao troco os A pelos Q....)