terça-feira, 16 de setembro de 2008

Outro primeiro dia


Começo hoje na escolita. Normalmente escrevo sobre este dia de ânimo leve, na brincadeira, mas, na verdade, encaro este dia com bastante seriedade.

Desde miúda que o primeiro dia de aulas era um marco: os materiais novos, a mochila antiga mas lavadinha, os livros plastificados e a cheirar a novo, como o meu nome escrito pela mão da minha mãe. Adorava a letra da minha mãe. Lembro-me de ter visto a assinatura da Amália, com aquele a minúsculo no início, e imediatamente associei-o ao a minúsculo do Ana da minha mãe. Olha mãe, a Amália assina como tu!

Adiante. Era um dia especial. Conheciam-se os professores, apontavam-se os nomes e tentávamos descobrir-lhes as manhas, os medos e a ternura por detrás dos livros, da pasta e do livro de ponto. Ali, em frente ao quadro, tornavam-se os donos do Mundo e os seres mais vulneráveis. Tudo ao mesmo tempo. ...Que pensarão eles de mim? Tenho um nome estúpido...E não sou a melhor, nem a mais alta, nem a mais espertalhona...

Esquecia-me que era ele, o professor, quem se sentia perscrutado até ao limite.

Hoje, sou eu aquela que está de costas para o quadro. Sou eu quem eles observam, à procura da falha. Este, é um dia muito importante. Escolho a roupa, penteio os cabelos, arrumo a pasta e fico ansiosa. Vai correr bem.

5 comentários:

Luazinha disse...

E vai correr tudo bem claro!!!
Beijinho grande oh stora!!

matt disse...

É um dia fantástico.

Boa entrada.

matt

htsousa disse...

É claro que vai correr mal. Vais-te esquecer das calças e só vais reparar quando lá estiveres, em frente aos pequenos terroristas. :P

Boa sorte! ;)

Pedro disse...

Já a minha mãe tem uma letra horrorosa (como eu, aliás). Mas lembro-me bem do cheiro do material escolar. A última vez que o senti, foi num papelaria/livraria onde entrei para comprar postais, algures no Alentejo. Era Agosto, mas tinham acabado de receber o material do próximo ano lectivo. Espero que tenha corrido bem!

elvira carvalho disse...

E claro que correu tudo bem.
Quando se é bom profissional, e além disso ainda se recorda como é estar do outro lado, as coisas sempre correm bem.
Um abraço e óptimo ano