quinta-feira, 30 de agosto de 2007

Anda lá com isso pá!




10 da manhã, cá vai a Mariazinha a arrastar-se até ao supermercado.


Entro na padaria e digo:


- Bom dia, queria...hummm...er...olhe pode ser um cacete destes aqui, se faz favor.


Parveca da padaria:


- Cacete???


- Sim...tipo um destes!-e eu de dedo espetado para o pão


-Isto não é um cacete. É uma baguette. Pão lá da França. Mas lá são melhores e muito maiores...


- ...(suspiro)


O que me apeteceu dizer:


- A SÈRIO?! Bem, obrigadinha pela informação. E a seguir a meter a BAGUETTE no saquinho vai fazer quê? Fusão a frio, divisão do átomo, pôr pão no forno? HUM?Já agora, essa pala na franja não se usa desde o meu 9º ano. Agora dá cá mas é o pão e cala-te.


E aposto que ela não disse o famigerado "Queria? Então já não quer?hihihi" porque eu estava com muito má cara.


Agora tem-me à perna. Já vos disse que eu sou um bocadinho rancorosa?


11 comentários:

Cruxe disse...

Fónix.... paletes de mau feitio.... LOL

maria cunha disse...

não me digas que agora para comprar pão também é preciso ser-se fino...

há com cada uma...

beijo

Dina disse...

És mesmo uma brutamontes alentejana!
Baguette é muito mais fino e dito à francesa então não se compara a cacete...a rapariga ainda deve estar a pensar de que mundo é que tu vieste!!
Ó Maria tu faz-te fina rapariga!!
:):):)
Beijinho de longe que se me chego muito perto ainda me dás com o cacete...perdão baguette, na cabeçorra!!

HzoLio disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
HzoLio disse...

Não percebo... O gato é que levou os tintins cortados e viu a casa invadida por uma pita branca e a minha amiga é que fica com mau feitio?!

Vai lá vai... Ainda bem que eu só costumo comprar carcaças e pão de mafra!!!

Fica bem

Canochinha disse...

Quando ele disse que as baguetes em França são melhores e maiores, podias ter aproveitado a deixa para dizer qualquer coisa do género: "Ai sim? Então aproveito e vou ali a Paris comprar uma. Bom dia!" E ias-te embora :)

Para sempre, Maria disse...

Cruxe:

Paletes de cromice daquela gaja, isso sim!
Beijo

maria cunha:

Fino não...tens é de ser emigrante.
beijo

dina:

E não é que sou mesmo! Estas mariquices vindas da boca destas parvas ainda me chateiam mais. Eu por acaso corrijo as calinadas que ela manda? Não!Então que se cale bem caladinha.
beijo

Hzolio:

Tens razão. Mas o que queres, esta gente enerva.-me com o seu ar doutoral!Fico logo em pé de guerra.
beijo

canochinha:

Boa!Era mesmo isso que eu deveria ter dito!
Mas fiquei com um olhar ameaçador e calei-me. Não há pachorra...
beijo

Miss Alcor disse...

Baguete??? Na minha terra sempre foi cacete e vai morrer cacete!

O quê que foi feito do "cliente tem sempre razão"??????
Já não há pachorra!

Para a próxima, manda-a enfiar a "baguette" naquele sitio que nós sabemos!

Rita disse...

Eu abomino a do "Queria?" acho que mais dia menos dia começo a lançar faísca pelos olho só com o poder da mente.
Um vez tive a infeliz ideia de perguntar a um polícia se sabia onde era a rua "tal" e o gajo respondeu:
-Sei!!
Nesse é que eu metia o cacete (cacetete) pelo ... acima
Jokas

Azul disse...

Já me tinhas dito, sim.

E que tal se a menina enfiasse a baguette francesa num sítio que a gente cá sabe?..
ups...
sorry, não era bem isto que eu queria dizer.

Para sempre, Maria disse...

miss, rita e azul:

São cá das minhas!
beijo