quinta-feira, 23 de agosto de 2007

So long, farewell, auf wiedersehen, goodbye...


"Governo financia empréstimos para licenciaturas, mestrados e doutoramentos"... Pronto, está bem. Acho querido. Fofinho, até. Portanto, face ao número absurdo de recém-licenciados (e não tão recém...) no desemprego ou a exercer funções que nada têm a ver com a sua formação, o governo lembra-se de financiar licenciaturas? Concordo coma igualdade de oportunidades, mas se um curso hoje em dia não garante uma vida mais estável, qual é a ideia? Se calhar, valia mais criar postos de emprego, tão apregoados antes de todas as eleições, em vez de acenar com ilusões a mais uma caterva de putos cheios de sonhos.

Em vez de financiar licenciaturas e mestrados e mais não sei o quê, valia mais que pagassem bilhetes de avião para um país como deve ser.


6 comentários:

Formiguinha disse...

Maria,

Acertaste em cheio! É isso mesmo, bilhetes de avião para a malta toda!

Bêjos

Miss Alcor disse...

Grande post!
Era mesmo isso: Bilhetes de avião para irmos TODOS embora! E deixavamos ficar os que vão tirar os cursos agora com os financiamentos!

Uma coisa é certa: Não estou arrependida de ter estudado... simplesmente de ter tirado o curso que tirei, mais precisamente o ramo que escolhi!
Mas há que criar empregos coadunantes com os cursos que tiramos! Eu não quero ser a Sra Dra... simplesmente quero trabalhar! E nem precisam de me pagar muito...
Só quero que me deixem fazer alguma coisa... de preferencia um bocadinho desafiante... para ver se saio da casa dos pais antes dos 30 (o que não vejo jeito!!! a não ser que arranje um marido rico!)

SaltaPocinhas disse...

concordo contigo!
tenho um post mais ou menos alinhavado sobre o assunto, mas gosto mais do teu, por isso vou roubar-to!

Para sempre, Maria disse...

Formiguinha:

Ainda bem que gostaste. Para mim até Espanha serve...
beijo

miss alcor:

Eu estava a dar explicações em casa dos meus pais, quando me passou uma "coisa negra pela vista" e disse, vou fazer-me à vida. E foi nesse dia que me mudei para Str com o Esk...e fui trabalhar para um café. Custou muito mas valeu a pena. E nada paga o podermos estar juntos.
Vais ver que nem tudo pode ser sempre mau.
Beijo

saltapocinhas:

Mau, mau!
:)
beijo

Rita disse...

Concordo contigo. Eu até tive sorte, não acabei o curso, fiquei com o 4º ano pela metade mas porque entretanto comecei a trabalhar (a fazer algo que não tem nada a ver com o curso que estava a tirar) e como gosto do que faço e até ganho benzinho... Se tivesse optado por acabar o curso se calhar, andava por aí nas ruas da amargura e ainda nem sequer tinha tido oportunidade (leia-se dinheiro) de ter filhos. Mas este governo é assim, tenta tapar o sol com a peneira em vez de resolver a questões a fundo. É como a história do aborto, em vez de tentar resolver o problema antes dele aparecer ...
Eu e a Diabba vamos aí ter às 16.00h para a primeira aula de Sevilhanas. Pode ser??
Jokas

Para sempre, Maria disse...

PODE!
Já estou a preparar as castanholas!
beijo