terça-feira, 8 de julho de 2008

Please, be gentle...




E porque é que cortar o cabelo é sempre um drama para mim? Porque nunca corre como é suposto. Nun-ca. Chega a ser patético. Até aqui nada de novo, não é? Atire a primeira pedra quem nunca saiu do cabeleireiro com vergonha de olhar para o reflexo das montras.


Mas aqui é que a porca torce o rabo: eu não culpo as cabeleireiras. Eu culpo a minha falta de objectividade nas instruções ("É este corte aqui. Não, este. Pois, mas eu gosto é deste. Não, a sério, ESTE!") ou o síndrome veia maluca, que consiste em entrar no salão e ficar logo com ideias parvas de madeixas encarnadas e tal...


Por exemplo, neste momento eu estou convencida que vou só cortar as pontas. Amanhã, devido ao síndrome veia maluca, posso muito bem mudar de ideias, e é que é de caras que faço uma franja inominável e saio do salão a parecer um pavão com problemas neurológicos.


(O melhor de tudo é a reacção do Eskisito, que oscila entre o já costumeiro mas que raio de merda fizeste tu ao cabelo desta vez? e o abnegado deixa, eu habituo-me...)

9 comentários:

Restelo disse...

Pois por isso é que quando encontro alguém que sabe cortar-me o cabelo como deve de ser, não é qualquer coisa que me separa!
Quando estava em França encontrei lá uma fantástica! (quando fui lá de férias uns meses depois, aproveitei logo!)
Aqui ainda nem experimentei. Mantenho o meu querido Hugo como cabeleireiro numero 1 onde vou sempre que passo por PT.
Eu sei que perece mariquice e "ai que tia/beta" mas ninguém gosta de sair feia do cabeleireiro e eu não quero correr riscos.

wednesday disse...

LOOOLL!

O truque é guardar mais uns eurónios e ir a uma cabeleireira melhorzita que nos faz o melhor corte... Foi o que fiz da última vez, só ainda não consegui voltar (€)... Lol

Dina disse...

Ehehehehehehehehe!! Desculpa...já estou a imaginar-te com um corte tipo Beatriz Costa ou coisa pior...
Quanto ao Eskisito...tu não ligues já sabes que ele é esquisito...

Luazinha disse...

Hum...loira??? Nahhhhhhh...
Mas olha q as franjas tão bem na moda... eu tenho uma lindaaaaaaaaaa!! Tou na fase modesta do dia...n ligues!! ;)
Kiss

Maga disse...

primeiro: a foto é linda!
e agora uma sugestão: não dês instruções à cabeleireira. diz-lhe só se é para cortar pouco ou se está à vontade, pede-lhe para fazer o que quiser que lhe pareça que te fica bem. depois fecha os olhos e espera.
comigo resulta! o segredo é que tenho a mesma há nove anos e nunca me deixou ficar mal.
boa sorte!

kitty disse...

Essa foto dá vontade de chorar também!! :((

Rita disse...

Eu também sou fiel à minha cabeleireira, é a mais cara aqui da zona mas saio de lá sempr satisfeita. Como o Sr. Marido gosta de cabelo comprido, cada vez que eu lá vou a cabeleireira sofre ameaças de morte...
Jokas

Formiguinha disse...

Que foto tão gira....

Pois o meu drama á mais com a cor das madeixas - a saber estou super loura outra vez....

Boa sorte!

Bêjos

katy disse...

LOLOL Eu adoro ir ao cabeleireiro..delicio-me com 'festas' no cabelo e mudanças de visual..:$

A minha sorte é que deixo o cabelo crescer durante o ano até à cintura e quando chega o início do Verão, vou à minha cabeleireira espectacular (e caríssima =| ), que ela faz-me um gde corte. No resto do ano, festas importantes e tal..err..vou a uma cabeleireira baratinha só fazer algum jeito. Sem cortes..