quinta-feira, 8 de novembro de 2007

What goes around...


Repete-se a mesma história todos os dias. A hora da saída é às 17h30, mas às 17h começam a encavalitar-se os carros dos pais, avós e afins, na rua da escola.

Às 17h30 é o caos. Pais aos berros, carrinhas da Câmara sem local para estacionar, passadeiras que não se vislumbram no meio da confusão de buzinadelas, gritos e pancadaria. Na 2ª feira fui levar um menino a casa por que este caiu nas casas-de-banho e perdeu a carrinha. Ninguém achou estranho ver um menino agachado na esquina, sozinho e imundo...

Ontem, o caos instalou-se, como já é hábito, de resto, pelo que só consigo sair da escola uns bons 10 m depois de chegar ao portão. Ontem, um artista do 4 º ano, assim que viu a mãe ao portão, dá em pisar, empurrar e acotovelar toda a gente, sem dó nem piedade. Passou-me uma coisa pela vista, agarrei-o pelo braço e puxei-o para junto de mim. Expliquei-lhe por a+b que temos que respeitar aqueles que estão lá mais à frente e que, na ânsia de passar à frente, tinha magoado uma colega de 1º ano na cabeça, além de me ter pisado. O que é que a criatura fez: amuou e recusou-se a pedir desculpa à colega e a mim!

Ao fim de alguns minutos chegámos ao portão. Quando cheguei junto da mãe, esta enche o peito e diz-me que eu devia ter deixado passar o filho porque ele já a tinha visto. Expliquei-lhe que as regras que se aprendem na escola são para ser postas em prática fora dela e que não podemos deixar passar em branco estas atitudes. Resposta da senhora:"tá bem!!Mas ele já me tinha visto! Ficou à espera sem necessidade nenhuma!"

Vale a pena ralar-me? Não.

11 comentários:

Mo disse...

Ai Maria, a sério... eu já nem sei que te diga...

Como é que nós pdoemos exigir respeito e civismo aos miúdos, se os próprios pais dão estes exemplos.

Será que só nós é que nos preocupamos e depois ainda somos sempre os maus da fita?

Raios parta!

Beijinhos gd e olha... tem lá paciência...

Cruxe disse...

Para a próxima, em vez de agarrares o puto pelo braço, coloca-lhe o pé à frente. Assim pode não aprender a respeitar os outros, mas aprende que ir a correr não é lá muito boa ideia :)

Andreia Videira disse...

Oh pá... eu já nem sei o que diga! Como é que podermos querer que os miúdos tenham boas atitudes...

Boas atitudes requerem bons exemplos... ao que tenho vito, falta isto em casa de muito boa gente!!!!

Será que só nós é que nos interessamos pela a ducação das crianças? E quando nós também deixarmos...

Vamos todos deixar andar e depois? O futuro...

Batz disse...

Cá está!

beijos

wednesday disse...

Este país é um antro de deseducação... É difícil remar contra a maré!

Para sempre, Maria disse...

People:

Desculpem lá, mas o comment do Cruxe é que me fez rebolar a rir...que é o melhor a fazer!

Diabba disse...

E não podias ter passado pela mãe, assim à pressa dando-lhe uma cotovelada e uma pisadela??

Já sabes o que fazer quando a vires...

beijo d'enxofre

Azul disse...

Miga,

já te disse no post anterior: o problema não está nas crianças, e sim nos paizinhos...

E não, não vale a pena ralares-te.

Azul disse...

Miga,

já te disse no post anterior: o problema não está nas crianças, e sim nos paizinhos...

E não, não vale a pena ralares-te.

SaltaPocinhas disse...

que raaaaaaaaaaaaiva!
já não bastava a minha!

MiSs Detective disse...

nao!