terça-feira, 27 de novembro de 2007

Fartinha disto (manobras de diversão para me safar à tradução)


Estou a fazer uma tradução. Estou a ficar com um sono do catano. Graças a este trabalho, acabei de encontrar o tema ideal para fazer escorrer os eurónios e os neurónios pelas orelhitas...ROBÓTICA! Haverá coisa melhor, do que saber o que é uma engrenagem e que uma engrenagem tem dentes à volta? E que os eixos, são uma coisa hiper-divertida,e que seguram as rodas e MAIS NÃO SEI O QUÊ!!!!!!!!!!

Sem nunca esquecer as alavancas, esse objecto ab-so-lu-ta-men-te fantástico!

Não quero fazer mais disto! snif...

Logo hoje, que vos queria falar do meu medo dos cabeçudos...aqueles coisos grandes do Carnaval...brrr...Em que medida é que o raio dos cabeçudos alegram a vida a uma criancinha? Aquilo provoca o riso? Não! Aquilo provocava-me era ataques de choro e uns mesinhos a molhar a cama...e isso explica muita coisa...

Bom, já desopilei, vou voltar ao maravilhoso mundo das máquinas. A pachorrinha que é preciso...


7 comentários:

Vera disse...

Então???
medo dos cabeçudos???
Tão giros e engraçados???
( coisa mais estuporada que se lembraram de inventar.Torres Vedras, nem vê-las,só por causa dessa porcaria...)

Rafeiro Perfumado disse...

Medo dos cabeçudos... antes de continuar na leitura do texto, garanto que tive uns quantos pensamentos pecaminosos...

Andreia Videira disse...

Eu também tinha medo dos ccabeçudos e ainda hoje não acho piada nenhuma... quando era pequena as pessoas queriam-me dar o lugar da frente para ver os cortejos, mas eu só ia para lá depois dos cabeçudos passarem...grrrrrrrr!
Beijinhos

Hydrargirum disse...

Assim que mencionaste Robótica...bocejei...!!!
E qd mencionaste cabeçudos senti medo...!!!

Mas não um medo de terror...um medo popular!...
Fiz sentido?

Desejo-te bom trabalho "tradutório"!:)

Rita disse...

E não é que eu também não consigo achar piadinha nenhuma aos coisos...
PS - O Rafeiro está-se a habilitar a não receber nem um osso no Natal, com tanto pensamento pecaminoso.
Jokas

Para sempre, Maria disse...

vera:

Podes ter a certeza! Isso e fogos de artifício...brrrr
beijo

rafeiro:

És tão cromo!!!
E porque é que eu não acho estranho que penses assim...
beijo

andreia:

Ah sim! Mais a porra de ver bem aquela bodega...
beijo


hydra:

Foi um sofrimento atroz. E ainda não acabou...
beijo

rita:

Leva um banho fresquinho!
beijo

Bellatrix disse...

adoro tradução técnica... e não estou a ser irónica...
a melhor que já fiz era sobre rotores de helicopetro... em alemão... que saudades (agora sim, ironia a rodos)...
Gosto de tradução técnica, em inglês... Em alemão... evito qualquer tradução...

beijinhos