sexta-feira, 8 de junho de 2007

Passo a explicar...

Isto de se ter um blog tem muito que se lhe diga. Se por um lado gostamos de manter o nosso anonimato, por outro, e à medida que começamos a criar amizades com os visitantes, começamos a achar que não vem mal nenhum ao mundo por nos darmos a conhecer.

Portanto, a bem da verdade, e para pôr a pensar o pessoal que me nomeou para thinking blogger (conhecem pouca gente...deve ser...) atentem...

Ora então cá vai mais uma piece of information: quando era miúda costumava ver os Peanuts. Aquilo era transmitido cedíssimo, mas como sempre fui galo da manhã (como diz a minha mãe...havia de me ver agora...), acordava para ver aquilo.


E agora é que é. Para todos aqueles que achavam fazer parte de um grupo restrito de pessoas que tivera a imensa sorte de conhecer um espírito iluminado (acenem com a cabeça), cá está a grande revelação (interjeição de espanto). Eu não assistia à série por achar hilariantes as tiradas do Linus ou do Charlie Brown...nada disso. Eu via os desenhos animados porque...ACHAVA O SNOOPY QUERIDO!!! Andei a enganar os meus pais uma porrada de tempo, dizendo que achava aquilo engraçado...e tudo isto porquê? Porque dentro de mim vive uma ELMYRA!!!


Eu vestia babygrows aos meus gatos...
Faltava-me acrescentar esta aos meus guilty pleasures.
Lanço o repto aos meus prezados leitores: escrevam sobre os vossos guilty pleasures.
Ps: Cruxe, reparaste no uso do itálico? É para assinalar o uso de anglicimos. Assim, sim. Pronto, agora já estou vingada. No hard feelings!

12 comentários:

Eskisito disse...

Ele é pequenino...é o chinha...
És tão puxuxua...
Beijos princesa

Dina disse...

Ehehehe...estou a imaginar o gato de babygrow, devia ficar super confortável e quentinho!
O Eskisito mandou-me os micróbios para cá...agora ando a espirrar pelos cantos, tenho a garganta toda arranhada e a continuar assim lá vou eu para o centro de saúde num sábado de manhã...vai ser lindo vai!!
Bom fim de semana!!

Para sempre, Maria disse...

Dina:

Não faças isso! Os centros de saúde são antros de micróbios!!!Vai antes à farmácia. Lembra-te que o DAFALGAN é fixe.

Teresa disse...

Assim se prova que diferenças de idades não querem dizer diferenças de gostos. Também eu adorava o Snoopy, que achava a coisa mais querida deste mundo.

O presente que dei ao meu primeiro nasmorado, quando fizemos um mês de namoro (tinha quase 16 anos), foi um adorável Snoopy de pano, de calças de ganga e t-shirt encarnada. Ele deu-me depois um igual, que foi adoptado como brinquedo favorito da minha cadela Loba - andava sempre om ele na boca, era uma espécie de filho. Não valia a pena eu tirar-lho, ela ia sempre buscá-lo...
E tenho algures uma fotografia dela vestida com um fatinho de um boneco meu (apesar do nome imponente, Loba era minúscula...)
Beijo.

Para sempre, Maria disse...

Teresa:

Em resposta à pergunta que me fizeste: sim, gostei muito.

E, portanto, quer dizer que não sou só eu que tenho uma Elmyra dentro de mim!Que bom.Fico à espera dos teus guilty pleasures.
Gostaste da imagem da Pucca?

Beijo

Para sempre, Maria disse...

ESkisito:

Tens uma maneira esquejita de falar...:)

(Tu é que vais desenformar o bolo, para não te armares em chico-esperto!)

Teresa disse...

Maria,
Adorei a imagem, e esqueci-me de comentar isso há pouco na Gota, na resposta que te dei - vai ver e a seguir abre o hotmail para veres um certo ficheiro que te deixei lá.

Os meus guilty pleasures.... Vou tentar seleccionar os mais aceitáveis e depois volto.

Beijo.

P.S. Também me esqueci de te dizer que adorei o blog de culinária que recomendaste há dias, fui visitá-lo ontem e foi direitinho para a minha lista de links.

Morsa disse...

Ó minha querida... Acertaste na mouche! Também eu era fanático pelo Snoopy. Para mim, a criação mais brilhante destes desenhos animados! Ele e o seu passarinho Woodstock (lembravas-te do nome?)

Posso não comentar há algum tempo, mas a minha passagem quase-diária aqui é obrigatória! Podes crer...

Um beijo e um abraço ao Eskisito

Para sempre, Maria disse...

Morsa:

Estás perdoado então!!!;)

beijo

Teresa:

Vou lá agora. Beijo

ana disse...

Eu também gostava muito do Snoopy e principalmente do Woodstock! E a vida presenteou-me com uma cadela que passa a vida deitada no telhado da casota a mirar a paisagem da varanda... A diferença é que se algum woodstock atrevido ousar sequer passar perto da varanda é logo corrido dali para fora. Ah pois, num 6º andar é preciso ter muito cuidado com os intrusos que nos entram pela janela!

Rita disse...

Ah, o Snoopy, havia tanto para dizer... mas não temos tempo. Eu também não achava grande piada às "piadas" mas gostava do canito. Eu era uma autêntica papa desenhos animados, marchava tudo, até aqueles de leste com os quais o Sr. Vasco Granja nos presenteava.
Jokas

Cruxe disse...

E eu estou contente. Tenho direito a um PS só para mim :)