quarta-feira, 16 de maio de 2007

Junho...esse oásis...

Ontem, uma cândida criança de sete aninhos, sete, estava à espera da professora de Inglês à entrada do bloco. Eis senão quando, começa a emitir uns sonzinhos giros, giros, que se pareciam bastante com o meu gato a vomitar a bela da bolita de pêlo.
Os prezados leitores devem calcular a cara de horror da professora quando a menina de saia rodada e sandálias cor-de-rosa largou uma valente GOSMA para o chão, limpa a boca às mãos e continua a conversa com a coleguinha da frente, igualmente horrorizada.
Já se sabe que a professora em questão tem um problema grave: não consegue deixar passar atitudes pouco próprias, pelo que fez a pergunta que não devia."Ó "coisa e tal" tu não sabes que aquilo que acabaste de fazer é uma porcaria?" Ao que ela diz placidamente:" Não é não. Eu já vi a professora "coiso e tal" fazer isso muitas vezes. E a minha avó também..."
Pelo que a professora, vossa serva, rendeu-se às evidências e seguiu para a sala, resignando-se aos seus recibos verdes e imaginando a avulatada soma de lenços de papel que a professora "coiso e tal" poderia comprar com o seu ordenado chorudo. É que isto de ser Professora Titular (adoro a designação...) tem as suas vantagens: manda-se bitates para o ar sobre o trabalho dos outros à espera que os outros se ajoelhem em adoração, come-se de boca aberta e fala-se alto de maneira que as pessoas à volta têm de fintar os gafanhotos...enfim...uma pessoa totalmente capaz de educar as gerações vindouras..´
É por estas e por outras que, muitas das vezes, me aborrece um bocadinho lidar com estas pseudo-educadoras da treta.

13 comentários:

Rafeiro Perfumado disse...

Começam cedo a serem suínos!

Obrigado pela linkadela, já está retribuída. Quanto ao elogio que me fizeste, responderei mais logo, em sede própria. ;)

Um grande RAUF para ti!

daplanicie disse...

LOLOL Olha lá que eu sou quase professora titular (só me falta o quase) e sou muito educadinha...é que badalhocos há em todo o lado e de todas as idades pq já trabalhei c um colega q achava q o sítio certo pra largar um ou outro traque era a sala de reuniões qd estávamos em C.D. ;-)

Sandra disse...

E então, o melhor q tens a fazer é mesmo pensar em junho...mas mais no fim...o sol quentinho...a areia fina ...e o mar tão azulinho e quentinho...AH POIS É!!!
Beijo.

Tigresse disse...

Bem que cena... Essa da Prof. q tb fazia deixou-me chocada!!! lol
Beijinhos

Morsa disse...

LOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOL Tristezas...

Dina disse...

Quem me mandou a mim largar o ensino?? Isso agora anda tão animado...ia ser uma festa!!
Gostava tanto dos "efectivos" (era assim que se dizia no meu tempo) armados ao pingarelho, adorava a cara com que eles ficavam a olhar para mim quando não baixava a cabeça e não dizia amén a tudo.
Recibos verdes??
Dessa livrei-me, era contratada mas não usavam ainda esse excelente método de pagamento!

Para sempre, Maria disse...

Rafeiro:

Eles agora estão tão desenvolvidos e tão motivados e tão rebéubéu, que até na javardice se nota!
Mas com Professores assim...

Beijo

Para sempre, Maria disse...

daplanície:

É a tal excepção que confirma a regra...mas, desculpa lá, aquele corpo docente com quem me dou é cá uma dose de m/&%&/%...

Obrigada pela visita
Um abraço

Para sempre, Maria disse...

Sandra:

Quando o barulho aumenta eu começo a cantar canções dos Beach Boys...é uma terapia Zen...depois pego na moca.

Para sempre, Maria disse...

Tigresse:

Eu, minha querida, já não me choco com nada vindo daquela alma...já mencionei que ela prega chapadas que se ouvem na sala ao lado?

beijo

Para sempre, Maria disse...

;Morsa:

Infelizmente não é só tristeza é realidade.
Uma abraço

Para sempre, Maria disse...

Dina:

Recibos Verdes porquê? Porque somos do Sporting!!!

É uma aventura ser-se profesor nos dias que correm, o meu alter-ego é a Indiana Joana.

Dina disse...

Prega chapadas?? E ainda nenhum pai lhe deu com uma coisa nos pirolitos?? Deve ter algum pacto com o diabo...hoje em dia um simples raspanete em tom mais ríspido é suficiente para um paizinho agredir o prof.
Os recibos verdes existem por isso?? Já me podiam ter dito...vou já a correr às finanças colectar-me!