sexta-feira, 11 de maio de 2007

Mais uma voltinha, mais uma viagem...

Então lá perdemos outra vez a Eurovisão não?
Desde que me conheço que a noite da Eurovisão é sagrada. A de ontem não foi excepção. É a minha veia masoquista.
Ora o encanto festivaleiro vem de família. A família jantava mais cedo que o costume para estarmos preparados para o momento de mandar larachas sobre as canções a concurso. Nessa altura as canções eram interpretadas nas línguas maternas dos cantores, pelo que ouvi-los dizer mushu mushu strikiti no refrão era uma barrigada. Agora cantam as canções em três idiomas diferentes...parece-me um bocadinho estúpido e redutor mas se calhar sou só eu.
A nossa canção deste ano foi composta pelo Emanuel e interpretada pela Sabrina... evidentemente que nada de bom poderia dali advir. Mas o Português é sofredor e insiste.
Agora a questão que eu levanto é: se o Emanuel diz que só compõe pimbalhices porque é o que vende, porque carga de água é que Portugal se apresentou com uma música pimba na eurovisão?Se o homem é um virtuoso da viola, como afirma, se calhar podia ter posto o génio em prática, em vez de termos ido fazer figuras tristes!


ps: já agora, foi notória a discriminação que sofremos no que diz respeito ao usufruto do ventilador. Quer dizer, o pessoal de Malta, Moldávia e rebéubéu teve direito ao ventinho no trombil, e nós não!
Isto é tudo uma cabala.


11 comentários:

Formiguinha disse...

Há pois é!!!

No tempo da Simone e do Calvário podíamos não ganhar nada, mas tínhamos boas interpretações e agora é uma vergonha ver o pessoal que nos vai representar. Quem é que disse que aquela menina sabia cantar??? Lá por ter pernas para usar mini saia não quer dizer que saiba cantar... Digo eu...

Dina disse...

O que eu perdi...
Quem é a Sabrina??
O Festival foi ontem??
Xiii...já nem nisso a tradição é o que era...antigamente era sempre ao sábado às 20h!!
Afinal qual dos países bálticos é que ganhou?
Antes aquilo andava ali entre o Reino Unido, Irlanda, França e Luxemburgo, depois um ano ou outro lá deixavam ganhar a Itália a Espanha ou até Israel numa altura em que interessava mostrar que eles até nem eram maus de todo...agora são a Croácia e os seus vizinhos que mandam naquilo. Pudera eram um país e dividiram-se em mais que as mães..
Deixo a sugestão, pró ano podíamos concorrer com uma música por cada região, Minho, Trás-os-Montes, Alto Alentejo, Baixo Alentejo, etc,etc...assim dava pelo menos uns pontinhos a mais.

Peste disse...

afinal quem ganhou???

é q eu perdi essa parte :S

Para sempre, Maria disse...

Peste:

Não ganhou ninguém, era apenas uma reles semi-final. Isto é: uma filtragem dos maus muito maus.

Beijinhos

Para sempre, Maria disse...

Formiguinha.

É bom ver que não fui a única a ver aquilo!
Era pior se gostasse do Tony Carreira...

Beijinhos

Para sempre, Maria disse...

Dina:

Não acredito que perdeste a semi-final do Eurofestival!!!
Shame on you...

Dina disse...

Realmente se gostasses do Tony Carreira era bem pior...tínhamos aqui um bico d'obra enorme...o Eskisito não ia achar graça nenhuma e a mulher do Tony das Camionetas também não...:):)

Teresa disse...

Vai para coisa de vinte anos que não vejo o festival. Nem o nosso nem o de lá. Dantas, quando eu era miúda, isso sim! Aquele momento em que ligavam à Eurovisão e se ouvia o hino era uma emoção: "vai começar!!!"

No ano com que ilustraste este post, deu-se uma coisa única: houve quatro vencedores! Espanha, França, Holanda e Reino Unido. Eu era muito miúda, mas lembro-me muito bem. E lembro-me das músicas!

Outros tempos. A única invariável é a brilhante classificação com que vimos sempre de lá.

Morsa disse...

Rirando o Sobe Sobe Balão Sobe e uma outra música que agora não me lembro que até nem ficaram mal colocadas, foi sempre a desgraça total!

E acho que foi aquela música do Conquistador, assim mais recentemente, que conseguiu um lugar a meio da tabela!

De resto... estamos tão afundados na Europa das cantorias como o V. Setúbal na tabela da 1ª divisão de futebol! Uma desgraça...

É assim o nosso país pequenino

Repórter disse...

A final foi ontem. Ao que V. Exas. se estão a referir chamou-se eliminatória (as coisas que eu sei eheheh).
Não me perguntem quem ganhou porque não vi. Tenho lá pachorra para essas aberrações!?!?
Ainda se fosse a minha querida Grey...

Digam-me, entretanto, o que é isso de pimba? Alguém definiu?
A música do Clif Richard não era pimba? A música, que ele era pior...

Saudações do planeta sofredor.

Dina disse...

Eu bem disse que era um país que antes pertencia à Jugoslávia que ganhava...