quinta-feira, 24 de maio de 2007

Vou ser sempre assim...

A Stôra lançou-me um desafio, mas como já o tinha feito, escolhi o outro. Portanto, cá vai disto:

Eu quero: ter vida para ter um filho.
Eu tenho: o melhor marido do mundo.
Eu acho: que poderia fazer mais e melhor…se me deixassem.
Eu odeio: gente que maltrata animais e o seu semelhante.
Eu sinto: saudades da casa dos meus pais.
Eu escuto: tudo. Depois apago o que não me interessa.
Eu cheiro: a Nívea body milk.
Eu imploro: saúde para a minha família e amigos.
Eu procuro: estabilidade e felicidade.
Eu arrependo-me: quando sou injusta.
Eu amo: viajar e rir.
Eu sinto dor: quando sou eu a injustiçada.
Eu sinto a falta: das brincadeiras com o meu irmão.
Eu importo-me: quando sinto que alguém de quem gosto não está bem.
Eu sempre: solto um guincho a cada soluço.
Eu não fico: à espera que me bajulem. Bajulo-me sozinha.
Eu acredito: que mais cedo ou mais tarde tudo vai melhorar.
Eu danço: sempre que posso.
Eu canto: …dartacan, dartacan, corriendo gran peligro, dartacan, dartacan…
Eu choro: muito. Mas não gosto de chorar.
Eu falho: muitas vezes em muitas coisas.
Eu luto: contra os meus medos.
Eu escrevo: o que me apetece, sem pretensões.
Eu ganho: pouco.
Eu perco: a paciência muitas vezes.
Eu confundo-me: com as pessoas e depois arrependo-me.
Eu estou: com fome!
Eu fico feliz: quando estou com os meus AMIGOS.
Eu tenho esperança: que a Ministra da educação venha a abraçar a sua verdadeira vocação: doméstica (Sem menosprezo pelas mesmas, afinal a minha mãe é uma delas, e das boas!).
Eu preciso: de calma.
Eu deveria: comer menos pão.
Eu sou: simples.
Eu não gosto: de pessoas complicadas…ou que complicam.

14 comentários:

Eskisito disse...

Desculpa lá, tens o quê?...O melhor quê?...Quem?...MUÀÀÀ HÀÀ HÀÀÀÀ. Esta fica gravada.

Formiguinha disse...

É tão triste este sentimento, pelos vistos colectivo d eadiarmos a maternidade por circusntâncias da vida. Depois às vezes quando a vida o permite o relógio biológico já DEU horas :(


Nota:
Os gajos são mesmo uns convencidos!!! Não lhes podemos dar corda nenhuma :)

Maria Cunha disse...

eu espero: que tenhas vida para ter um filho...

beijo

Stôra disse...

Adoro ver a troca de piropos entre a menina e o seu marido! hehehe

Adorei também a parte em que tu te bajulas (LOOOL) e a da vocação da ministra!
Tens sentido de humor, sim senhor ;)
*Beijinhos*

Anónimo disse...

então faz feliz os teus amigos e aparece.

uma amiga

Dina disse...

Fico feliz por teres o melhor marido do mundo...porque sendo assim o resto também se vai ajeitando e vais conseguir realizar esse sonho...
Agora vou dormir que amanhã tenho que me levantar ao mesmo tempo que o sol...
Bjs e diz lá ao teu melhor marido do mundo que a única coisa que ando a pedir neste momento é...descanso!!:):):):)

Para sempre, Maria disse...

Eskisito:

És sim senhor!
E és tu quem faz com que tudo isto faça sentido.

Formiguinha:

Sim, é triste e geral.O que torna tudo ainda mais triste.
Mas, sejamos optimistas:)

Maria Cunha:

Eu também. Nessa altura criarei um baby-blog daqueles bem melosos e cheios de ursinhos e tal.
Obrigada pela força.

Stôra:

Mas, desde já te asseguro,que,se o sentido de humor começar a pagar imposto (como tudo de resto neste país) sou a primeira a tornar-me cinzenta.Ah pois!
Obrigada pelo desafio. Gostei de responder.

Amiga anónima:

Pronto, está bem...mas como eu não tenho o oráculo de bellini em casa convém que me digas onde moras! Ou então aparece tu. Talvez seja mais fácil assim.
Beijo

Dina:

Sim,tens razão, é meio caminho andado.
A mensagem será lida pelo próprio. Garantidamente.
Beijo

Cruxe disse...

"Eu tenho: o melhor marido do mundo."

Tadinha... vê-se mesmo que estão casados há pouco tempo. Ainda está ceguinha de amor... LOL

Agora a questão de ter vida para ter um filho. É por se esperar para ter vida para se ter um filho que hoje em dia se é pai/mãe cada vez mais tarde e cada vez a média de filhos por casal vai diminuindo. E para agravar, a política pró-natalidade do governo é uma piada. Eu recebo cerca de 25€/mês/filho o que dá uma fabulosa fortuna de 75€/mes (pouco mais, acho eu). Tendo em conta que de infantário de um deles pago 125€... dá para rir. (NOTA: E pago 125€ porque moro na provincia. Se morasse para os lados de Lisboa, arrotava com uns 300/400€ no mínimo).

Mas espero que tenham condições para ter um filho. É a melhor coisa do mundo.

Para sempre, Maria disse...

Cruxe:

Dizem que um casal sem filhos é um jardim sem flores...começo a concordar.
E os teus devem ser cá umas pestes...com aquela de que não se diz porra nem merda...putos do caneco!
Beijo e bom sábado

Morsa disse...

Eu vou... Roubar isto e fazer igual no meu blog!

Gostei de ler!

Um beijinho e um abraço ao esposo!

Anónimo disse...

Fofssss...:) continuas a escrever maravilhosamente..e quantas verdades dizes em tão poucas linhas..acredita que és um exemplo para mim! Maridão babado? Ainda há dúvidas? :) Bjs para vocês! Cat

Rafeiro Perfumado disse...

Não me digas que não sabes a letra do Dartacão em português? ;)

caditonuno disse...

por acaso tens aí muitas coisas a ver comigo...

Para sempre, Maria disse...

Rafeiro:

Sei sim senhor!
A questão é que levei a minha infância a ouvir estas coisas...lá está, há uma explicação para tudo!

Caditonuno:

Se te identificas deves ser uma pessoa muuuuuito fixe...tipo EU!ehehehe
Obrigada pela visita aqui ao estaminé.
beijo